Fandom

Heróis do Brasil Wiki

PM Abelardo Rosa Lima

122 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar

Introdução

Em 1964 ocorreu um golpe de estado no Brasil, que depôs o presidente constitucionalmente eleito, o Dr. João Goulart, substituindo-o por uma ditadura militar, onde generais se revezavam no governo de acordo com o prestígio que desfrutavam no Exército.

Para manterem-se no governo passaram a estabelecer uma legislação restritiva aos direitos civis que paulatinamente foi subtraindo as liberdades políticas, econômicas e sociais dos cidadãos. Qualquer um, com a suspensão da garantia do “habeas corpus”, podia ser atirado na prisão sem culpa formada.

O povo brasileiro e o que sobrou dos políticos, seus representantes, procuravam contornar as restrições criadas pela ditadura e buscar condições para a redemocratização do país.

No final dos anos sessenta a situação política perdurava, com crescente descontentamento popular pela administração retrógrada dos sargentões que se revezavam no poder, independentemente da vontade do povo.

Aproveitando-se disso, grupos de militantes comunistas das linhas chinesa e cubana, partidários da insurreição armada, organizaram-se para se opor pelas armas ao governo da ditadura  e estabelecer uma DITADURA COMUNISTA no Brasil.

Minoritários, por não contarem com a adesão popular e sem efetivos para manterem guerrilha armada contra as Forças Armadas ou policiais, passaram a desenvolver ações limitadas como roubo a bancos, roubo de armas, roubo de autos, detonação de artefatos explosivos nas portas de alguns quartéis e outros crimes parecidos. Mais tarde tentaram sequestrar aviões, não conseguindo. Sequestros de diplomatas estrangeiros foram efetivados com sucesso, pela pouca segurança a serviço desses funcionários.

A ação armada limitada e de pequeno significado revolucionário desses insurretos, chamados de subversivos ou terroristas pelo governo, realizada em agências bancárias, na via pública contra cidadãos ou na porta de quarteis, acabavam ferindo ou matando populares, que passaram a ser as vítimas diretas desses crimes, por deterem a posse das “res furtiva” ou por serem meros transeuntes no local.

Sem o apoio popular que engrossasse o número de militantes da “guerrilha” ou a auxiliasse materialmente e a severa repressão exercida pelos militares acabaram por esvazia-la até a completa extinção, na primeira metade dos anos setenta.

As consequências das suas ações, entretanto, materializaram-se nas centenas de vítimas inocentes mortas ou gravemente feridas em todo o Brasil.


São Paulo - 06/10/69 - Abelardo Rosa Lima

O Soldado PM foi metralhado por terroristas numa tentativa de assalto ao Mercado Peg-Pag.

Autores: Devanir José de Carvalho (Henrique), Walter Olivieri, Eduardo Leite (Bacuri), Mocide Bucherone e Ismael Andrade dos Santos. Organizações terroristas responsáveis: REDE (Resistência Democrática) e MRT (Movimento Revolucionário Tiradentes

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória